Monday, 2 April 2012

1964 - TV Excelsior

TV Excelsior was the best thing that had happened to Brazillian TV since its inception in July 1960. In less than 3 years TV Excelsior beat all competition rising the salaries of their staff from singers and actors to technical operators. TV Excelsior was a 'revolution' in the making. Its programming soon became mainstream and the competition had to really bust their arses to keep up with them. 

Unfortunately, there was a Coup d'etait in 1964, and the military usurpers who took over from President João Goulart had other ideas about who was giving the shots and 3 years later (1967) they had all lined up to set up their own TV station: TV Globo in Rio de Janeiro, a concession they gave to a small conservative newspaper from Rio de Janeiro that had a small radio station. Radio Globo became TV Globo and Brazil became a country with one political party (Arena) anda one TV Network: TV Globo.


J A N E I R O   1 9 6 4    v i s t o   p o r    “N O T Í C I A S     PO P U L A R E S”


2 JANEIRO 1964 – 5a. – Canal 7 começou e terminou 1963 como líder de audiência do ano, segundo o IBOPE.  Esteve no 2º lugar somente em Setembro de 1963 quando a Excelsior – Canal 9, lhe passou a perna. Depois reconquistou a liderança e acabou o ano com quase 3 pontos acima de seu concorrente mais direto.


8 JANEIRO 1964 – 4a.  – Cariocas caçam Brigitte Bardot no Rio:  “Rififi” no Galeão.

11 JANEIRO 1964 – Sábado – BB sai da toca e diz que gosto do rei Pelé.

15 JANEIRO 1964 – 4a.  – Os internacionais vem aí.  Sergio Endrigo [14 de março], Rita Pavone e Bobby Rydell;  todos contratados por Paulinho Machado de Carvalho.

16 JANEIRO 1964 – 5a.  – Foto de Rita Pavone aparece na coluna do Moracy do Val:  16 anos, rosto sardento de menino, Rita Pavone chega logo.

17 JANEIRO 1964 – 6a.  – Sarita Montiel no Rio com seu noivo José Vicente, para tratar dos papéis do casamento.  As autoridades eclesiásticas não aceitaram o documento de anulação de seu casamento anterior e se recusaram a casá-la. Agora Sarita está disposta a ir tentar em outro país pois quer voltar a Madrid bem casadinha.

18 JANEIRO 1964 – Sábado –  BB vai largar amor brasileiro Bob Zagury.

22 JANEIRO 1964 – 4a.  – “Surf” ameaça o “Twist”:  dança nova invade a América.

23 JANEIRO 1964 – 4a.  – Doenças vernéreas e tóxicos saem da “Boca do Lixo” e invadem a cidade.


F E V E R E I R O    1 9 6 4    v i s t o     p o r    N o t í c i a s    P o p u l a r e s

5 FEVEREIRO 1964 – “Noite vazia” começa a ser rodado hoje numa boite típicamente japonesa do Jabaquara.

17 FEVEREIRO 1964 – 2a.  – Bobby Rydell em São Paulo:  amanhã a noite no Teatro Record o início da temporada internacional do Canal 7. Apresenta-se somente 2 noites: terça-feira 18 e quarta 19 de fevereiro.


Bobby Rydell ri... no programa de Dick Clark, seu mentor, em Philadelphia-PA. 

20 FEVEREIRO 1964 – 5a.  – Bobby Rydell, cantor adulto [coluna do Moracy do Val];  Talvez por causa da pouca idade e do slogan “Novo rei da juventude”, muita gente deixou de ver Bobby Rydell no Teatro Record, por julgá-lo integrante desta triste espécie de roquistas e debilóides. Puro engano. Rydell é, entre os jovens cantores norte-americanos, o mais bem dotado de voz, com um repertório de primeira qualidade e com um nivel de interpretação excelente.


Bobby Rydell ouve o diretor Vito Molinari que o dirigiu no clip 'Sway' para o Cinebox em 1963, em Roma.


26 FEVEREIRO 1964 - 4a. - Odete Lara estreia dia 5 no boite Djalma, onde atuará ao lado de Sergio Mendes com o mesmo show que fez o maior sucesso na boite Bacará no Rio.

28 FEVEREIRO 1964 – 6a.  – Ricardo Macedo estréia na Radio Bandeirantes com “Placard Bandeirantes do Sucesso”, diàriamente as 9:30.  2ª e 3ª com os 10 compactos-duplos mais vendidos;  4ª e 5ª os long-playings campeões e finalmente 6ª feira e Sábado com os 10 compactos-simples mais vendidos.




Dorothy Provine & Ethel Merman em 'Deu a louca no mundo'.

M A R Ç O   1 9 6 4    v i s t o   p o r   N O T I C I A S    P O P U L A R E S

3 MARÇO 1964 – 3a.  – Gilda Lopes não suportou ultima dor: quis morrer, tentou suicídio. A perda da voz foi demais para a cantora. Ingeriu um vidro inteiro de barbitúricos. Está internada na Clínica de Repouso S.Vicente em estado de coma;  ainda não está fora de perigo. Depois de uma pneumonia que a acometeu em recente viagem ao Rio Grande do Sul, a cantora perdeu a voz. Seu drama começou há 2 anos: seu filho sofreu um desastre de onibus no dia 31 de Dezembro de 1962 e teve que amputar o braço. 1962 fora um ano feliz para Gilda; tinha vindo da Itália, onde trabalhava no serviço diplomático;  em São Paulo conheceu o maestro Osvaldo Borba, que a levou a Odeon, onde gravou "Trovador de Toledo” que estourou nas paradas e  ganhou todos os prêmios de cantora-revelação.

9 MARÇO 1964 – 2a.   – A grande festa do Roquete Pinto 1963 teve 6 horas de duração.

13 MARÇO 1964 – 6a.  – Sergio Endrigo chegou ante-ontem [11 Março – 4ª feira] sorridente e feliz – ao contrário do que aparece nas capas de seus LP’s – ao lado de uma bela esposa. O moço de 29 anos é o maior cartaz do momento na Itália;  de voz dramática e triste, com presença marcante em cena. Endrigo esteve ontem ensaiando no Teatro Record, onde estreará amanhã.

16  MARÇO 1964 – 2a. – Sergio Endrigo estreiou no sábado no Teatro Record, onde cantou seu maior sucesso “Io che amo solo te”, e outras como “Basta così”, “Viva Madalena” e “Aria di neve”. Na primeira parte do programa, apresentação dos principais quadros do monumental show do Roquette Pinto. Sergio Endrigo apresentou-se no domingo e folga hoje e amanhã, devido a um resfriado, mas volta na quarta.

14 – Sábado – estréia de Sergio Endrigo no Teatro Record
15 – Domingo – segunda apresentação no teatro da rua da Consolação
16 – Segunda – descanso – cedeu lugar para apresentação de Edoardo Vianello
17 – Terça – descanso – [ainda com resfriado]
18 – Quarta – apresentação na boite Oasis também
19 – Quinta – apresentação de video-tape do show no Canal 7 às 20:30
20 – Sexta – show no Teatro Record
21 – Sábado – penúltimo show
22 – Domingo – show de despedida no Teatro Record

19 MARÇO 1964 – 5a. – Edoardo Vianello, que é bom cantor, gravou video-tape no Teatro Record na terça feira [coluna do Moracy do Val]

20 MARÇO 1964 – 6a. – São Paulo de pé defende a democracia.  Marcha da Família com Deus pela liberdade.  700.000 pessoas no ato no centro de São Paulo.  [nota do editor]:  Marcha sem Deus contra a liberdadeseria uma manchete mais realista, pois aí estava o estopim da manto de escuridão que cobriu o Brasil por mais de ¼ de século... perderam todos... até nos dias de hoje.

24 MARÇO 1964 – 3a.  – Sergio Endrigo seguiu ontem de volta para a Itália.

27 MARÇO 1964 – 6a.  – Rebelião na Marinha.

31 MARÇO 1964 – 3a.  – Democracia é esmagada no Brasil.  Começa o período negro no nosso País. Que tristeza.


J U N H O   1 9 6 4    v i s t o    p o r      D I Á R I O    D A     N O I T E


1o. JUNHO 1964 - 2a. - Show de Boneca - Luiz de Andrade toca 11 instrumentos no LP 'Um show de Boneca' pela Continental:  violão, flauta, ocarina, bandolim, cavaquinho, xilofone, oboé e mais outros quatro.

3 JUNHO 1964 - 4a. - Pânico no PSD: JK está por um fio! Cassação a qualquer momento.

4 JUNHO 1964 - 5a. - Dramático discurso de JK às vésperas da hora final! - Muito mais que a mim, cassam os direitos politicos do Brasil!

- Sapoti de ouro! Dá ouro para o bem do Brasil!

- Dercy Gonçalves gravou 'A pereréca da vizinha' com a Bandinha de Altamiro Carrilho e o Côro Infantil de Irany de Oliveira.

Nino Tempo & April Stevens - LP da Fermata com 'Whispering', na coluna J.Pereira.

- Marisa Barroso vai à Europa.

6 JUNHO 1964 - sabado - JK refugia-se para evitar sequestro!

9 JUNHO 1964 - 3a. - Cassado JK! - Em decreto assinado às 19:30 o presidente Castelo Branco resolveu cassar o mandato legislativo e suspender os direitos políticos por 10 anos do sr. Juscelino Kubitscheck de Oliveira.

13 JUNHO 1964 - sabado - Distúrbios na passagem de Rita Pavone no Rio, dia 12 Junho, sexta-feira - Manhã de 6a.feira um grupo de estudantes foi ao Galeão para receber um colega bolsista que voltava de New York e provocou um princípio de tumulto no restaurante do Aeroporto, ao descobrir numa das mesas a menina-cantora italiana Rita Pavone.

17 JUNHO 1964 - 4a. - Ônibus a 60 cruzeiros e bonde a 50.

- 'Motivo d'amore' com Pino Donaggio, compacto-simples da Odeon
- 'Calmo Setembro' com Moacyr Franco, compacto-simples da Copacabana.

19 JUNHO 1964 - 6a. - Luiz Vieira lança LP 'Encontro com Luiz Vieira - Volume 2'
- Creusa Cunha lança compacto 'Eu sou teu passado' / 'Fita meus olhos'.

20 JUNHO 1964 - sabado - 'Almoço com as estrêlas' com Ayrton Rodrigues e Lolita completa 8 anos hoje.

22 JUNHO 1964 - 2a. - The Clevers faz um ano em Julho - Preferem The Ventures - Clevers recebeu Chico Viola por 'El Relicario' .

- RGE lança 'O Fino da Bossa' produzido por Walter Silva
- Prini Lorez contratado pelo Canal 7, aparece no 'Astros do Disco'.

26 JUNHO 1964 - 6a. - Rita Pavone cantará domingo às 10:30 no saguão dos Diários Associados na rua 7 de Abril - Rita Pavone prestigiará a campanha 'Ouro para o bem do Brasil', fazendo uma doação simbólica.

Nota do blog: na verdade, essa é uma notícia falsa, já que Rita Pavone era contratada exclusiva da TV Record, concorrente da TV Tupi, que patrocinou a malfadada campanha 'Ouro para o bem do Brasil' - um macete para disfarçar a natureza ditatorial do regime implantado ilegalmente em 1o. de Abril de 1964. Rita Pavone compareceu às dependências dos Diários Associados, mas não cantou. Apenas doou um anelzinho de ouro e posou para fotos.
texto de Libero Malavoglia:

Rita Pavone já apareceu num filme de curta-metragem, interpretando o papel de Gian Burrasca.
o reporter pergunta à Rita Pavone: 'Quais livros tentaria salvar na hipótese de um cataclisma?' Rita respondeu: 'Il castello del cappellaio' de Cronin, 'Non uccidere', de Spillane e 'Il ultimo Topolino'.

- Os artistas que mais atraem Rita são: Carlo Dapporto, Marcelo Mastroiani, Delia Scala e Ray Charles.

J U N H O   1 9 6 4     v i s t o   p o r    U L T I M A     H O R A 

4 JUNHO 1964 – 4a. – Juscelino Kubitschek, ex-presidente com o mandato por um fio: “Cassam também direitos do Brasil.”

8 JUNHO 1964 – 2a.  – Polícia da Guanabara cerca a residência de JK.

9 JUNHO 1964 – sábado – Cassado JK!

12 JUNHO 1964 – 6a. – Rita Pavone passa por Viracopos em direção à Buenos Aires; volta dia 22.

13 JUNHO 1964 – sábado – Rita é só meio metro de música! [1ª página, com foto] – 4 fotos enormes de Rita na Revista UH, com dados biográficos e relato de seu sucesso na Europa e U.S.A.  Na mesma  revista:  Vandré lança LP.

15 JUNHO 1964 – 2a. – JK partiu!  Tumulto no Galeão.

20 JUNHO 1964 – sábado – Foto de Rita Pavone na coluna de Jô Soares, com os dizeres:  a pequenina [mas excelente] Rita Pavone só tem 18 anos, mas tem talento para chegar aos 100.

22 JUNHO 1964 – 2a. – Entrevista coletiva de Rita Pavone na Terrazza Martini.

23 JUNHO 1964 – 3a. – [foto de R.Pavone na 1ª página de UH]:  Meia porção de música!  Rita Pavone encantou todo mundo na entrevista coletiva que concedeu ontem à noite na Terrazza Martini, dando um show de graça e simpatia, terminando por apresentar, em primeira mão no Brasil, o “swim” [a natação], uma nova dança que imita os movimentos da natação.  De estatura diminuta, calça um par de botas pretas com salto alto, veste calça estreita, com uma espécie de suspensórios trançados e uma blusa de mangas compridas. Esse é seu “uniforme” ou sua “marca registrada”. Respondendo a perguntas afirmou não ter namorado, acresentando modestamente que “ninguém me quer”. Bastou isso para que um jornalista pedisse-a em casamento, ante as risadas de todos.


ESTRÉIA DE RITA PAVONE NO TEATRO RECORD

24 JUNHO 1964 – 4a. – Rita abafou na noite de ontem no Teatro Record! Aparece foto de Rita cantando entre membros da pláteia. O Teatro Record estava lotado, maioria de público jovem. Rita cantou 24 canções. A platéia a aplaudiu demoradamente.  A canção do “martelo”, por ser a mais conhecida foi acompanhada em côro e palmas.  Teddy Reno funcionou como tradutor, interpretando suas canções mais conhecidas e como apresentador, e depois deu lugar a Rita. A cantora quis ser acompanhada por um conjunto de jovens. The Clevers foi o escolhido. Na primeira parte do programa foi apresentado show de variedades em que se destacou a vedetinha Eneida Jalena.

Na UH Revista uma reportagem sobre o casamento de Norma Benguell e Gabrielle Tinti, publicada na revista italiana “Le ore”:  “Gabrielle, dammi un bacio!” Norma Benguell ha sposato in Brasile un giovane ramagnolo:  presto lo risposerá, in chiesa, in Italia.

RITA NO BUTANTÃ:  Rita foi ao Butantã e comprou um violão a fim de aprender Bossa Nova, da qual é admiradora. No serpentário a italianinha demorou-se longamente, visitando todos os pavilhões e demonstrando grande interesse pelos exemplares alí expostos.

25 JUNHO 1964 – 5a. – [2ª pag.] Rita canta no Rio mas volta amanhã.  Rita voou ao Rio na manhã de hoje, onde se apresenta na TV Rio e no Clube Monte Líbano.  Em São Paulo pouco saiu, preferindo ter mais tempo para descansar e ensaiar. Ela é tratada pela mãe como uma criança e, a certa altura, recebeu mesmo forte reprimenda, porque
inadvertidamente derrubou o refrigerante que bebia no colo dela. Mas não ligou, e pouco depois sentava-se nos joelhos da genitora para beijá-la afetuosamente no rosto.


Rita Pavone na sacada do edifício da TV Rio em Copacabana.

26 JUNHO 1964 – 6a.  – Na coluna do Jô Soares:  A menina é fenômeno. Ninguem deve deixar de ir ao Teatro Record para presenciar o fenômeno Rita Pavone.  A menina é uma dessas coisas que só acontece de vez em quando no S.B. mundial [seria sigla para 'show-business'?].  Tem charme, simpatia e um “à vontade em cena”, que são realmente de causar inveja a muita atração internacional com mais tarimba e mais tempo de palco que ela. UH Revista apresenta folha inteira com Rita Pavone:  Cyro Queiróz escreve e W. Rodrigues é o autor das  6 fotografias de Rita, onde ela aparece jogando palitinhos com Teddy Reno a 1 dollar a mão.  O texto é uma descrição dos shows que Rita deu no Teatro Record:  ... Rita dialogou com o público, cantou no meio da pláteia, sentou no cólo de espectadores, distribuiu beijos, brincou com todo mundo, à vontade, como faria uma garôta prodígio no meio dos titios.

29 JUNHO 1964 – 2a. – Rita partiu mas diz que volta – Foto pequena na 1ª página e matéria na pag. 6, com foto de Rita e Netinho, o baterista dos Clevers: Com pique-pique e lágrimas saudosas de suas mais ardentes fãs, Rita Pavone, a cantorinha sucesso, embarcou às 11 horas em Congonhas, num aparelho da Varig em direção ao Rio. Na
Guanabara tomou, às 15 horas, um jato da Alitalia com destino a Roma.


PASSAGEM DE RITA PAVONE – JUNHO 1964 – Visto pela  “FOLHA DE S. PAULO”

23 JUNHO 1964 – 3a.  -  Foto de Rita Pavone na 1ª página da “Folha” com título: Pedacinho de gente!  Em anúncio pago de ½ página:  ABC Radio & TV – recordista na apresentação de cartazes internacionais – anuncia RITA PAVONE:

                       23 JUN – 3ª feira às 21 horas
                       24 JUN – 4ª feira às 21 horas
                       ...............................................
                       26 JUN – 6ª feira às 21 horas
                       27 JUN – Sábado às 17:00 e 21:00
                       28 JUN – Domingo às 17:00 e 21:00
Na coluna de Adones, “Show e Noite”:  Rita Pavone, cuja imensa simpatia é inversamente proporcional aos 42 quilos e 1,50 de altura: Na entrevista coletiva dada na 2a.feira [22], encantou a todos pela vivacidade, comunicabilidade, boa vontade nas respostas, etc. Nota 100 para o empresário Teddy Reno, amabilíssimo com os jornalistas, discreto no“teta-à-tête”, cordial. Uma reunião muito agradável a que nos fez conhecer Rita, Teddy e dona Maria.

Dona Maria? Dona Maria é a mãe de Rita. Na entrevista ficou num canto, calada, observando o rebuliço que a filha provocava. Não passou desapercebida a este colunista que, acercando-se dela, fez-lhe perguntas varias. Dona Maria nos informou inicialmente que, naquele momento era avó pela primeira vez. Seu filho Piero, o mais velho, tornara-se pai. Acha São Paulo muito parecida com Milão e que recebia o sucesso da filha com muita felicidade.  Disse não ser fã do repertório da filha, mas que gosta muito quando ela canta a balada “Come te non c’è nessuno”.


Rita Pavone chega ao Rio de Janeiro, acompanhada de Teddy Reno e la mamma Maria Pavone.

25 JUNHO 1964 – 5a. -   VT [video-tape] de Rita Pavone às 20 horas de hoje pelo Canal 7. As pessoas que, por alguma razão, tenham deixado de assistir à excelente estréia de Rita Pavone no Teatro Record, poderão sintonizar o Canal 7 hoje, às 20 horas.  Verão o espetáculo em sua inteireza. Vale a pena ficar em casa. A menina é realmente um
espetáculo.  Alem de cantar músicas de gostos muito atual, o faz com uma graça, uma comunicabilidade e um talento de espantar. Em boa parte da audição, Rita desce para o meio da platéia, abraçando a um, beijando a outros [os velhinhos, de preferência], mostrando em tudo brejeirice e autenticidade.


Rita Pavone no Teatro Record em São Paulo em reportagem na revista 'O Cruzeiro.


26 JUNHO 1964 – 6a. – Diário Popular – Rita Pavone com Adhemar de Barros e Miss São Paulo. 10 candidatas ao título de Miss São Paulo, que concorrem amanhã ao título, foram recebidas pelo governador de São Paulo, sr. Adhemar de Barros e dona Leonor Mendes de Barros, no gabinete do chefe do executivo paulista.  Concomitantemnte foram apresentados ao governador e esposa, a popular cantora Rita Pavone e seu empresário Teddy Reno.

27 JUNHO 1964 – sábado – Eleição de Vera Lucia Couto como Miss Guanabara 1964.  A candidata “colored” arrancou aplausos da multidão e fez história sendo a primeira miss G. negra.

J U N H O   1 9 6 4    v i s t o    p o r      D I Á R I O    D A     N O I T E


1o. JUNHO 1964 - 2a. - Show de Boneca - Luiz de Andrade toca 11 instrumentos no LP 'Um show de Boneca' pela Continental:  violão, flauta, ocarina, bandolim, cavaquinho, xilofone, oboé e mais outros quatro.

3 JUNHO 1964 - 4a. - Pânico no PSD: JK está por um fio! Cassação a qualquer momento.

4 JUNHO 1964 - 5a. - Dramático discurso de JK às vésperas da hora final! - Muito mais que a mim, cassam os direitos politicos do Brasil!

- Sapoti de ouro! Dá ouro para o bem do Brasil!

- Dercy Gonçalves gravou 'A pereréca da vizinha' com a Bandinha de Altamiro Carrilho e o Côro Infantil de Irany de Oliveira.

Nino Tempo & April Stevens - LP da Fermata com 'Whispering', na coluna J.Pereira.

- Marisa Barroso vai à Europa.

6 JUNHO 1964 - sabado - JK refugia-se para evitar sequestro!

9 JUNHO 1964 - 3a. - Cassado JK! - Em decreto assinado às 19:30 o presidente Castelo Branco resolveu cassar o mandato legislativo e suspender os direitos políticos por 10 anos do sr. Juscelino Kubitscheck de Oliveira.

13 JUNHO 1964 - sabado - Distúrbios na passagem de Rita Pavone no Rio, dia 12 Junho, sexta-feira - Manhã de 6a.feira um grupo de estudantes foi ao Galeão para receber um colega bolsista que voltava de New York e provocou um princípio de tumulto no restaurante do Aeroporto, ao descobrir numa das mesas a menina-cantora italiana Rita Pavone.

17 JUNHO 1964 - 4a. - Ônibus a 60 cruzeiros e bonde a 50.

- 'Motivo d'amore' com Pino Donaggio, compacto-simples da Odeon
- 'Calmo Setembro' com Moacyr Franco, compacto-simples da Copacabana.

19 JUNHO 1964 - 6a. - Luiz Vieira lança LP 'Encontro com Luiz Vieira - Volume 2'
- Creusa Cunha lança compacto 'Eu sou teu passado' / 'Fita meus olhos'.

20 JUNHO 1964 - sabado - 'Almoço com as estrêlas' com Ayrton Rodrigues e Lolita completa 8 anos hoje.

22 JUNHO 1964 - 2a. - The Clevers faz um ano em Julho - Preferem The Ventures - Clevers recebeu Chico Viola por 'El Relicario' .

- RGE lança 'O Fino da Bossa' produzido por Walter Silva
- Prini Lorez contratado pelo Canal 7, aparece no 'Astros do Disco'.

26 JUNHO 1964 - 6a. - Rita Pavone cantará domingo às 10:30 no saguão dos Diários Associados na rua 7 de Abril - Rita Pavone prestigiará a campanha 'Ouro para o bem do Brasil', fazendo uma doação simbólica.

Nota do blog: na verdade, essa é uma notícia falsa, já que Rita Pavone era contratada exclusiva da TV Record, concorrente da TV Tupi, que patrocinou a malfadada campanha 'Ouro para o bem do Brasil' - um macete para disfarçar a natureza ditatorial do regime implantado ilegalmente em 1o. de Abril de 1964. Rita Pavone compareceu às dependências dos Diários Associados, mas não cantou. Apenas doou um anelzinho de ouro e posou para fotos.
texto de Libero Malavoglia:

Rita Pavone já apareceu num filme de curta-metragem, interpretando o papel de Gian Burrasca.
o reporter pergunta à Rita Pavone: 'Quais livros tentaria salvar na hipótese de um cataclisma?' Rita respondeu: 'Il castello del cappellaio' de Cronin, 'Non uccidere', de Spillane e 'Il ultimo Topolino'.

- Os artistas que mais atraem Rita são: Carlo Dapporto, Marcelo Mastroiani, Delia Scala e Ray Charles.


Em Junho de 1964, o grupo jornalístico Diários Associados lançou uma campanha, em plena ditadura militar, chamada de 'Ouro para o bem do Brasil', imitando idéia lançado durante o movimento militar paulista de 1932. O objetivo era incentivar a doação de ouro para o  novo governo que havia tomado o poder em Abril. Nessa foto, um grupo de japoneses participa da campanha.

27 JUNHO 1964  -  sab.  -  Miss Guanabara 1964 é negra - Vera Lucia Couto, Miss Renascença é a grande sensação. 


Vera Lucia Couto, Miss Renascença e Miss Guanabara 1964. 


mãe, Vera e pai... todos orgulhosos...

4 JULHO 1964  -  sab.  -  Miss Brasil 1964 é Miss Paraná, Angela Vasconcelos - A grande surpresa é a 2a. colocação de Miss Guanabara, a negra Vera Lucia Couto


Vera Lucia Couto, Miss Guanabara 1964.


Vera Lucia Couto, da Guanabara, Angela Vasconcelos, do Paraná e Maria Isabel Avelar, do Sergipe (3a.).

Angela Vasconcelos, apesar de seus lindos olhos verdes, não foi uma Miss Brasil popular. Uns diziam que seu cabelo repartido ao meio não era muito atraente, a nova coroa talvez não tenha ajudado, mas a verdade é que a paranaense ficou em segundo plano devido a notoriedade da negra Vera Lucia Couto, a 2a. colocada. Talvez, o Golpe de Estado que derrubou a democracia brasileira em 1o. de Abril tivesse tirado o brilho do certame também. A realidade é que esse, talvez, seja o ultimo concurso de Miss Brasil que tenha tido alguma relevância. Os tempos estavam mudando e concursos-de-beleza se tornando fora-de-moda rapidamente. 

1o. AGOSTO 1964  -  sab.  -  Miss Universe 1964 é Corinna Tsopei, da Grécia.


Yeda Maria Vargas, Miss U 1963 corôa Miss U 1964 em Miami, Florida.


Kiriaki Tsopei (Greece) & Angela Vasconcelos (Brazil), que não conseguiu se classificar.


Kiriaki Tsopei - Miss Universe 1964


Agosto 1964  -  Vera Lucia Couto, Miss Brazil 1964 fica em 3o. lugar no concurso de Miss International Beauty (Beleza Internacional) realizado em Long Beach, California. Miss Filipinas, Gemma Teresa Guerrero foi coroada vencedora e Linda Ann Taylor, Miss USA, ficou em 2o. lugar. 

Vera Lucia Couto em Long Beach, California.


As cinco finalistas do Miss International Beauty 1964.


Vera Lucia Couto (3a. colocada) e Gema Teresa Cruz, Miss Beleza Internacional 1964, das Filipinas.


Vera Lucia em viagem a Ourinhos-SP.


A musica campeã do Carnaval de 1965, foi a marchinha 'Mulata bossa-nova' (caiu no hully-gully e só dá ela... na passarela) composta por João Roberto Kelly e cantada por Emilinha Borba, em clara referência à Vera Lucia Couto. 

Programação de TV em São Paulo - Julho 1964


Programação dos canais de TV de São Paulo: TV Cultura, Canal 2; TV Tupi, Canal 4; TV Paulista, Canal 5; TV Record, Canal 7 e TV Excelsior, Canal 9. 

2a. feira na TV Tupi reprisava 'Hong Kong', com Robert Taylor no 4; 'O Fugitivo', com David Janssen era a melhor pedida da noite de 2a.;  no 5 havia Walter Foster e as mulheres; no Canal 7 o querido cavalo 'Fury' as 17:00, 'o policial 'Cidade Nua' (Naked City) as  21:00 e show com o Conjunto Farroupilha as 22:10; o Canal 9 reprisava o musical carioca 'Times Square' as 13:00, a 'Grande Novela' as 19:00 e o esperadíssimo doutor 'Ben Casey', com o bonitão Vince Edwards as 21:00. 

3a. feira: 'O céu é o limite', com Aurélio Campos, às 21:00 programa de quizz era o carro-chefe da TV Cultura; na TV Tupi às 20:30 o 'Alô doçura' com Eva Wilma e John Hebert imitando o 'I love Lucy'; no Canal 5 às 20:30 o 'Zilda, um show', humorismo com Zilda Cardoso, seguido por 'Maverick' com o cow-boy James Garner; no Canal 7 havia o 'Guilherme Tell' às 17:00, seguido pelo 'Nacional Kid' as 19:30; 'Consuelo Leandro' (humorista) as 20:00 seguida por 'José Vasconcellos' as 21:30; 'Combate', filme sobre a 2a. Guerra era a grande pedida da noite as 21:30, concorrendo com a TV Excelsior; o Canal 9 sempre começava sua programação com o 'Show do Meio Dia', apresentado por Hugo Santana; as 21:00 tinha 'Os Intocáveis', campeão de audiência sobre os tempos antigos da velha Chicago dos mafiosos, com Robert Stack, além de 'Ivon Curi no Ar' as 22:00.


4a. feira:  note que a TV Cultura tinha um programa que ensinava matérias escolares para o Curso de Admissão ao Ginásio as 10:40 da manhã, repetido as 18:00, além de programas de Geografia, Curso de Alfabetização etc.; 'Hong Kong' com Robert Taylor as 20:30; na TV Paulista, Hebe Camargo comandava seu 'Hebe e simpatia' às 20:30: a TV Record reprisava 'Astros do Disco' às 12:30; 'Paladino do Oeste' (Have gun will travel), com Richard Boone; a TV Excelsior era realmente a melhor de todas: 'Vovô Deville', variedade gravado no Rio, com Dercy Gonçalves as 20:30, seguido por '77 Sunset Strip' às 21:30. 

5a. feira:  no Canal 4 às 20:30 o 'Rota 66' (Route 66) com George Maharis; no Canal 5, o heróico 'Ivanhoe' com um Roger Moore exuberantemente jovem; musical com Nelson Gonçalves às 21:25; no Canal 7 'O Zôrro', com o irresistível Guy Williams, sargento Garcia (Henry Calvin) e o 'mudinho' Bernardo (Gene Sheldon) às 16:30; o comediante português Raul Solnado às 19:30, mostrando que portugueses ainda eram aceitos no dia-a-dia do brasileiro; 'Peter Gunn' com Graig Stevens às 20:30;  no Canal 9 a quinta-feira era majestosa: 'Moacyr Franco Show' às 20:00 seguido por 'Dr. Kildare', o médico mais bonito e querido da TV, tendo 'Encontro com Luiz Vieira' às 22:00; eventualmente o show de Luiz Vieira foi transferido para antes do programa do Moacyr Franco.

6a. feira:  'Clube dos Artistas' apresentado por Lolita e Ayrton Rodrigues às 20:30 era obrigatório na TV Tupi; na TV Paulista tinha Sarita Campos, programa feminino às 17:10; o desenho 'Dom Pixote' (Huckleberry Hound) às 18:25 e 'O mundo é das mulheres' com Hebe Camargo (novamente) às 20:30; na TV Excelsior havia o 'Reis do Riso' (Comedy Capers) às 17:30 com Laurel & Hardy, Ben Turpin, Harry Langdon, Billy Bevan e The Key Stone Cops e o far-west 'Cheyenne' com Clint Walker as 21:00. 


sábado: na TV Cultura às 18:00 havia o 'Recreio do Torresmo' (palhaço); na TV Tupi, o 'Almoço com as estrêlas' às 13:05, apresentado pelo casal Lolita & Ayrton Rodrigues; às 20:00 tinha o 'Zorro', seguido por 'Hazel' e 'Bonanza' às 21:10, com a família Cartwright; a TV Record, sempre na dianteira quanto à petizada mostrava 'O último dos Mohicanos' às 18:30, seguido da querida 'Lassie' e 'Aventuras submarinas'  (Sea Hunt) com Lloyd Bridges, 'O Texano', com Rory Calhoun, e 'Os Astros do Disco' com apresentação de Randal Juliano às 20:40;  a TV Excelsior reapresentava o 'Moacyr Franco Show' às 13:00; apresentava o musical 'Times Square' com todo elenco humorístico-musical da TV Excelsior do Rio de Janeiro além de continuar com outros musicais, terminando a noite de sábado com 'Mr. Lucky'.

domingo:  a TV Tupi apresenta o Programa Julio Rosemberg, às 9:00, com presença de cantores populares; às 10:00 direto do Theatro Municipal de São Paulo, 'Concertos Matinais', um programa de musica erudita com orquestra sinfônica; às 17:55 o 'Disneylandia' com o Walt Disney; às 20:00 o inesquecível 'Papai Sabe Tudo' com Robert Young, Jane Wyatt, Elinor Donahue (Betty), Billy Gray (Bud) e Lauren Chapin (Kathy); na TV Paulista, Canal 5 havia o 'Programa Silvio Santos' começando às 11:40 e terminando poucos minutos antes das 17:00, o programa mais longo da TV brasileira; na TV Record  havia o Circo do Arrelia (e do Pimentinha) às 14:00; a Grande Ginkana Kibon às 18:00 com apresentação de Vicente Leporace e Clarice Amaral; na TV Excelsior havia reprises dos 2 médicos galãs: Dr. Kildare às 14:00 e o bonitão Dr. Ben Casey às 16:00... haja médico para uma tarde de domingo!; às 18:00 era o 'Festival da Juventude', com apresentação de Ademar Dutra, tendo este substituído Antonio Aguillar, o iniciador dessa tendência que faria o 'Jovem Guarda' no ano seguinte.  




revista Melodias de Julho 1964, com Hebe Camargo (empunhando seu Roquette Pinto de 1963) e Silvinho.

Pergunta valendo 1 milhão de dólares: Qual é o único galã que NÃO está sorrindo na foto?


'Cheyenne' Clint Walker 


Dr. Ben Casey (Vince Edwards) 


Dr. Kildare (Richard Chamberlain)


Elliott Ness (Robert Stack)


Route 66 (George Maharis)


El Zorro (Guy Williams) 

2 comments:

  1. I do believе all of the ideаs yοu have
    introԁucеd to youг post.
    They аre very cοnvіncing and will
    certainly work. Still, thе posts are too brief for novices.
    May јust yοu please prоlong them a bit fгom nеxt
    time? Thanks for the poѕt.
    Also see my webpage > captcha bypass code

    ReplyDelete
    Replies
    1. dear Anonymous... unfortunately I have only seen your comment today, almost a year later... your comment was ensconced in the Spam pool. Anyway, thank you very much for your comment. I tried to get into your webpage but to no avail...

      Delete