Thursday, 24 November 2011

ANISIO SILVA


Anísio Silva is one of those things difficult to explain. He was a 27 year-old regular guy from Bahia who lived in Rio de Janeiro-DF in the 1950s when his records started catching up in the charts. By 1959, Anísio was, arguably, the most popular male singer in the country. He had a nasal voice far from being considered 'beautiful', but he had some melodious sort of wistfulness in his renditions that made the tunes agreeable to the ear. He was not photogenic at all. In fact he was considered downright ugly. Juca Chaves even declared, mockingly, on Revista do Rádio that Anisio was the 'ugliest singer in Brazil'

Anísio Silva sang professionally since 1952, when he was 20 years old but only became known to the rest of the country after signing with EMI's Odeon in 1957. Odeon had the best recording studios, the best musicians and arrangers. 'Sonhando contigo', a bolero, was his first hit. In 1958, he took the guarania 'Quero beijar-te as mãos' (I want to kiss your hands) to #1 in the country.

In 1960, Anísio recorded 'Alguém me disse' written by Evaldo Gouveia & Jair Amorim that turned into an 'evergreen' instantly. Anyone and his dog recorded it after him. Anísio was at his best. His tortured soul would come through his recordings and Odeon would even stress Anísio's sufferings writing about his misfortunes on the line notes of his albums. Anísio didn't have a strong constitution and had been on the verge of dying a few times. 

Anisio Silva was gradually superseded by other male bolero singers with more powerful voices and a stronger presence on the stage. By 1963, Anisio was 'history' while Agnaldo Rayol, Carlos Alberto and Altemar Dutra had taken his place. But none of them had the wistful aura around them as Anisio did.

Anisio died of a heart attack in his apartament in Flamengo in Rio in 1989. He was 69 years old. For someone who had been in and out of hospitals so often, Anisio ended up living a long life.

Anisio Silva assina contrato ao lado Ayres Vianna, cantor Helio Chaves e o popular Orlando Dias - March 1958.

Anisio Silva é um mistério da musica popular dos anos 50 e 60. Um rapaz considerado feio quase que universalmente, já entrando na meia-idade, consegue, de-repente, se tornar um dos cantores mais populares do Brasil entre 1959 e 1961. 

Teria Anísio uma voz espetacular? Qual nada! Anísio tinha uma voz pequena e anasalada. No entanto Anísio emplacava um sucesso atrás de outro. O maior de todos foi 'Quero beijar-te as mãos', uma guarânia muito simples, mas que tomou o Brasil de assalto em 1959. 

Em 1960, Anísio gravou 'Alguém me disse', um bolero de Evaldo Gouveia e Jair Amorim, que talvez, seja seu sucesso mais lembrado atualmente, tendo sido regravado por Maysa, Gal Costa e mais dezenas de cantores. 

Ter sido do 'cast' da Odeon, talvez, explique o 'fenômeno' Anísio Silva. Suas gravações sempre foram impecáveis, com ótimos arranjos orquestrais e gravadas em stereo já em 1960, quando a maioria das outras gravadoras ainda usavam o sistema mono.


both Orlando Dias and Anísio Silva recorded for EMI's Odeon and both sang boleros but that's where the similarities ended. Orlando was flamboyant and outrageous gesticulating while singing. Anísio was very sedate bordering on the catatonic.

Juca Chaves trying to be funny at the expense of poor Anísio Silva. 


Anísio Silva nasceu em 29  Julho 1920, numa fazenda do municipio de Caculé-BA, que se emancipara de Caetité-BA e hoje chama-se Rio do Antônio-BA. Foi balconista de farmácia. 

Anísio Silva iniciou sua carreira em 1952, no Rio de Janeiro. Em 1957, assinou contrato com a Odeon, que lançou "Sonhando contigo" com bastante sucesso, dando título ao seu 1o. LP. 

Em 1959, Anísio estoura no Brasil inteiro com a guarânia 'Quero beijar-te as mãos' de Arsênio de Carvalho e Lourival Faissal. 

Anísio morreu de infarto em 18 Fevereiro 1989, em seu apartamento no Flamengo.

Anísio Silva em 'Modinhas', em um lay-out de fazer inveja a qualquer artista vanguardista.
Anísio Silva, ?, ?, Lana Bittencourt, Agostinho dos Santos, ?, Luiz Claudio.


single 45 rpm 'Estou pensando em ti' - antes de mudarem a rotação dos simples para 33 rpm.

Anísio Silva, talvez o cantor mais 'feio' do nosso cancioneiro, assim mesmo saía em capas de revistas periodicamente. Aqui na capa da Revista do Rádio, que responde a uma pergunta chave: Porque Anísio Silva é um homem triste.


contra-capa super-cool do LP 'Anisio Silva canta para você' de 1959; lay-out de Cesar G.Villela com fotografias de Francisco Pereira.

A alma é um delicadíssimo instrumento que interpreta a música das emoções. É uma harpa divina em que cada corda faz vibrar um sentimento, tangida pela magia da vida. E, entre todas as cordas dessa harpa, talvez, a mais sensível seja a que afina pelo diapasão do romantismo, produzindo n'alma um êxtase delicioso. E é precisamente esta corda tão sensível, tão doce em sua vibração, que Anísio Silva tange com sua voz modulada, cheia de romantismo. É este, talvez, o segredo do grande êxito de Anísio Silva. Ele canta de alma para alma. De sua alma romântica para almas românticas como a dêle. Sem solicitação, sem rebuscamento, com a linha reta da sinceridade, com o calor da imensa sensibilidade que lhe faz bater o coração. Assim é êsse novo long-play de Anísio Silva, como seu primeiro LP 'Sonhando Contigo'. Cada bolero, cada tango, cada samba-canção e até a guarânia, encontram em Anísio Silva o seu mais eloquente intérprete e levam até você a mensagem sempiterna de um coração solitário. Orquestração de Astor, Goya e Arcy Barbosa.

Nota do blogger: O texto da contra-capa do LP de Anísio Silva era quase que um tratado filosófico-esotérico sobre a tristeza da voz do cantor. O próprio título do LP poderia ser capa de uma publicação ocultista, onde a proliferação de palavras como 'alma', 'êxtase', 'divina', 'mensagem sempiterna' caem como uma luva em sessões espiritualistas.


boleros super-bem-arranjados e uma capa super-moderna para 'Do fundo da alma... para o fundo da alma'.
1 9 6 0 


o lay-out da capa pode não ser grandes coisas, mas 'Alguém me disse' é uma obra-prima em todos os sentidos.


Canções nascidas da alma para a sensibilidade. Anísio está de volta. Depois de superar o transe que o levou a um leito de hospital entre a vida e a morte, Anísio volta agora para o lugar que ocupa no coração dos fãs. Apenas sua voz reflete a amarga experiência por que passou. É um outro Anísio - mais vivido, mais sofrido. É um Anísio mais artista , mais pungente, mais profundo. É um Anísio mais artista, apurado pelo crivo da dor, que aqui está neste long-play, em belíssimas canções que tão bem retratam o sentimento de sua alma nostálgica e melancólica.

Nota do blogger: O texto da contra-capa do LP 'Alguém me disse' de 1960, mostra uma Odeon tentando capitalizar sobre a saúde fraca de Anísio Silva. É um expediente de pouca criatividade e muito mau-gosto, como se o fato de uma pessoa ter passado por um mau-bocado a fizesse melhor intérprete de melodias tristes.



O segundo LP de Anísio Silva em 1960, mostra-o em Brasília, a Capital da Esperança, entre os prédios futuristas de Oscar Niemeyer. Anísio era moderno, novamente.


Na contra-capa, a Odeon, seguindo orientação nova, publicou as letras de todas as canções, invés daqueles textos inócuos que simplesmente 'enchiam lingüiça', como se dizia na gíria. Infelizmente, parecia que a sequência de sucessos de Anísio Silva tinha terminado com 'Alguém me disse', ironicamente, sua mais perfeita gravação.


Discografia de Anisio Silva até o ano de 1963

1952 - Um passarinho tristonho / Quando eu me lembro - (Star)
1953 - Aquela noite / Um grande amor - (Copacabana)

1957 - Sempre contigo / Sonhando contigo - (Odeon)
1957 - Sonhando contigo - (Odeon LP)
1958 - Abismo / Não me diga adeus - (Odeon)
1958 - Se eu pudesse esquecer / Interesseira - (Odeon)
1958 - Vida, vida / Fingimento - (Odeon)
1958 - Tu, somente tu / Não digo o nome - (Odeon)
1959 - Amor de mãe (com Dalva de Oliveira) - (Odeon)
1959 - A canção de minha mãe / Minha mãe - (Odeon)
1959 - Onde estás agora? / Desencanto - (Odeon)
1959 - Vai / Quero beijar-te as mãos - (Odeon)
1959 - Anísio canta para você - (Odeon LP)
1959 - Desilusão / Devolva-me - (Odeon)
1959 - Pressentimento/Destino - (Odeon)
1959 - Quero beijar-te as mãos - (Odeon LP)
1960 - Me leva / Alguém me disse - (Odeon)
1960 - Alguém me disse - (Odeon)
1960 - Estou pensando em ti / Por toda a vida - (Odeon)
1960 - Beija-me depois / Onde está você - (Odeon)
1960 - O nosso amor voltará / Nós dois, nossa vida - (Odeon)
1960 - Anísio Silva - (Odeon)
1961 - Noite e dia / Onde estarás - (Odeon)
1961 - Dolores / Eu já fiz tudo - (Odeon)
1961 - Beija-me depois - (Odeon LP)
1962 - Que Deus me dê/Se a vida parasse - (Odeon)
1962 - Deixa-me ficar/Abraça-me - (Odeon)
1962 - O romântico - (Odeon)
1963 - Um dia em Portugal / Quem tudo quer nada tem - (Odeon)
1963 - Só penso em ti - (Odeon)
1963 - Canção do amor que virá - (Odeon)

Anisio Silva sings 'Quero beijar-te as mãos' in 'Titio não é sopa' 1959.


Anisio Silva was so popular 'Revista do Radio' thought it would interest their readers to know what Anisio did every single minute of his daily life. 18 March 1961


Anisio Silva before he hit the big time; Here he records 'Eu não merecia' / 'Eu amei demais' with a male-female choir at independent label Santa Anita for Carnaval 1955; photo published at Correio da Manhã on 28 November 1954

an early disc by Anisio Silva.
Anisio Silva was so popular in 1960 that 'Revista do Radio' asked his colleagues what they thought about him... 
João Gilberto's opinion is worth reading: 'Anísio canta num estilo que difere por completo do meu, mas assim como sei reconhecer o valor de Miltinho, o de Juca Chaves e o de Nelson Gonçalves, bato palmas, também, para ele que é, um dos mais legítimos interpretes da MPB. Considero-me um fã de Anisio Silva'. 

10 comments:

  1. alguém saberia nos dizer de quem é a foto do bebê que, aparece na capa do compacto simples de 1959 da queridíssima cantora Wilma Benivegna, hino ao amor :?

    ReplyDelete
  2. Eu não tenho a mínima ideia que bebê seria aquele. Mas algo posso lhe adiantar: esse compacto NÃO é da época que 'Hino ao amor' fez sucesso. Esse compacto deve ter sido lançado nos anos 1970s ou 1980s para aproveitar algum Dia das Mães. Não creio que o bebê tenha qualquer relação com a Wilma Bentivegna.

    ReplyDelete
  3. AOS 9 ANOS OUVI UM LP DE ANÍSIO SILVA, PQ MINHA BABA ERA SUA FÃ.COMO ELA JA ERA DE CERTA IDADE TINHA TODOS SEUS DISCOS.AQUELE ROMANTISMO DO ANÍSIO EU PASSEI A GOSTAR E A ME INTERESSAR PELA SUA COLEÇÃO. UM DIA CONHECI SEU FILHO,LOGO APÓS SUA MORTE Q TB ERA MUSICO NO BAIRRO DO BOTAFOGO. ENGRAÇADO QUE EU SEMPRE PASSAVA NA SUA RUA ESTACIONAVA O CARRO AO LADO DE SEU PRÉDIO.EM 1989 E ELE AINDA ERA VIVO. GOSTARIA MUITO DE TE LO CONHECIDO PESSOALMENTE.

    ReplyDelete
  4. GOSTARIA MUITO DE SABER ONDE POSSO FAZER DOWNLOAD DESSES DISCOS QUE ELE GRAVOU EM 1952/53 NA STAR E COPACABANA?

    ReplyDelete
  5. olá Abdalla, muito interessante suas informações. Infelizmente não sei como conseguir essas gravações raras... Eu era criança qdo. Anísio Silva era famoso... criança gosta de qualquer coisa... e eu gostava daquela voz 'fanhosa' do Anisio. De-repente ele 'sumiu'... continuo gravando, mas os tempos tinham mudado...

    ReplyDelete
  6. NESSE INSTANTE EU OUVI A MÚSICA INCOMPREENDIDA. QUE LETRA BONITA!
    COPIEI A LETRA E COLOQUEI NO MEI TWITTER. JA RECEBI MAIS DE 50 MESNSAGENS PERGUNTANDO QUEM ESCREVEU.

    ReplyDelete
  7. de acordo com o Walter Carvalho, que a postou no YouTube 'Incompreendida' é composição de Bidú Reis e Murilo Latini, gravada por Anísio Silva em 1959.

    ReplyDelete
  8. Bom a Tds,Deixe eu entrar neste papo porque é interessante,Anisio Silva, Marcou muito a minha infancia, ñ me lembro o ano mais deve ter sido pelos anos 50/60,estava eu querendo assistir-lo num Circo onde ele iria se apresentar, foi qdo meu pai me pegou fumando um cigarro,nunca mais esqueci isto,daquele momento em diante tornei me um fã incondicional deste Artista até porqu o proprio meu pai,havia comprado ñ sei se foi a primeira gravação um Lp, ANISIO SILVA ONDE ELE ESTA SENTADO num degrau e acredito que eram as melhores musicas,esta é a minha historinha,a onde quero chegar,é pra informar ao amigo Abballa marmudd habud,é isto mesmo, em resposta a outra sua pergunta, eu acredito que vc ainda possa encontra um ou dois Box de gravações na Livraria Saraiva,Cultura,ou FNAC, faça uma consulta para comfirmar pois foi na Cultura do Rio de Janeiro que conseguir, ai esta algumas informações,foi bastante prazeroso manter este dialogo com vcs.Abraço

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigado ao Adilson Caetano Coelho por compartilhar suas experiências de infância em relação ao querido Anísio Silva. Me parece que o LP que v. se refere, no qual o Anísio aparece sentado em uns degraus, é esse LP aí em cima, em que ele aparece sentado nuns degraus lá da nova Brasilia de Oscar Niemeyer.

      Delete
  9. Para os apaixonados em seresta e boleros ouça nossa ¨Radio Studio Souto - Boleros em Seresta Link http://centova2.livehost.com.br:2199/start/boleros/ ou escolha sua rádio http://www.wisleysouto.com.br/institucional/escolha-sua-radio que possui um grande acervo musical inclusive uma coleção incrível de Anísio Silva todas remasterizadas.

    ReplyDelete